Mitsubishi Electric Visual and Imaging Systems

USA – Mitsubishi Electric Visual and Imaging Systems

enpt-br

Vídeo Walls

Integração da tecnologia de vídeo wall

Integração da tecnologia de vídeo wall

eyechart_2

Legibilidade do vídeo wall

Os conceitos de legibilidade de texto e brilho da tela são componentes críticos para o sucesso da integração da tecnologia de monitores de grande formato para formar um centro de operações.

Seleção da resolução para o tamanho da sala

As tabelas de visão padrão que encontramos em consultórios de oftalmologia ajudam a demonstrar o significado da legibilidade em um vídeo wall. É claro que algumas fileiras são mais legíveis do que outras. A primeira fileira, “E” é muito fácil de ler, e a última fileira é muito mais difícil e sua compreensão requer mais esforço.

O-12pt Text Chart

A facilidade de leitura de textos a grande distância se relacionada diretamente com o tamanho do texto. Uma vez que uma fonte de 12 pontos é igual a 16 pixels, a resolução do cubo de projeção estará, diretamente, ligada ao tamanho do texto.  As imagens à esquerda representam a diferença do tamanho do texto em um monitor com resolução XGA contra um monitor com resolução SXGA+.

Claramente, os textos nos dois quadros são de tamanhos diferentes, embora o passo da fonte seja o mesmo. Quando visualizamos este texto em um monitor, os textos dos dois tamanhos são legíveis. Contudo, à medida que você se afasta do monitor, irá perceber que o tamanho do texto parece menor, quando mostrado em um monitor de maior resolução.

A Mitsubishi pode ajudá-lo a definir a resolução de monitor apropriada para seu ambiente.

 

Brilho da tela

O brilho correto do vídeo wall necessário para manter o reconhecimento das informações e, ao mesmo tempo, reduzir a fadiga ocular dos operadores da sala de controle é um fator importante a se levar em consideração ao desenhar uma sala de controle ou centro de operações. Fatores como a iluminação da sala e ambiente, posições dos assentos e ângulos de visualização influenciam os níveis de ajuste do brilho do vídeo wall. Os cubo de retroprojeção Mitsubishi e os monitores LCD de moldura super fina oferecem vários níveis de brilho de tela, que podem ser ajustados conforme as necessidades de sua sala de controle.

O que é a tecnologia DLP®?

DLP® ou Digital Light Processing™, é uma tecnologia de exibição de imagens criada pela Texas Instruments. Com um MTBF de 650.000 horas e desempenho consistente, ela é a tecnologia padrão da indústria para monitores usados em operações 24 horas por dia x 7 dias por semana.

O coração deste sistema é o Digital Micromirror Device™ (DMD™), que utiliza centenas de milhares de espelhos microscópicos para gerar imagens na tela do monitor. Uma vez que o chip DMD™ de geração de imagens é uma tecnologia 100% reflexiva, ao invés de transmissiva, ele é capaz de suportar um imenso volume de calor e luz. Isso garante que o monitor manterá a mesma qualidade de imagem soberba durante toda a vida útil da unidade.

Há dois tipos de tecnologias DLP® disponíveis: Chip único e três chips. Para a tecnologia de cubo de retroprojeção, a tecnologia DLP® de chip único é utilizada devido a restrições de espaço e custo de uma matriz de vídeo wall.

DLP Diagram

Um mecanismo de projeção com lâmpada DLP® de chip único utiliza quatro componentes principais: Fonte de luz, filtro de cores, DMD e lente de projeção. A fonte de luz, que pode ser lâmpadas ou LEDs, gera a luz necessária para projetar uma imagem na tela.  O filtro de cores, também chamado de roda de cores, gera cores filtrando a luz branca gerada por uma fonte de luz constituída de uma lâmpada.  O DMD é um dispositivo monocromático de geração de imagens, por isso, a roda de cores adiciona luz vermelha, verde e azul para gerar, sequencialmente, cada cor primária. Isto ocorre rapidamente, criando a impressão de uma imagem com todas as cores. Atualmente, mecanismos de projeção mais recentes utilizam fontes de luz de LEDs, que não requerem o uso de um filtro de cores, pois há LEDs individuais vermelhos, verdes e azuis que, atuando juntos, criam todas as cores necessárias para a reprodução de uma imagem em um vídeo wall.